CUIDE DE SI | TAINÁ ALMEIDA

Foto: @tai.ina

São sete da manhã e eu acordei com um sobressalto. Meu coração apertou e como se eu não pudesse mais respirar fui retirada do meu descanso, precisei levantar. Peguei o celular, vi a hora e quando dei por mim já estava tomando banho e trocando de roupa, meio no automático, meio sem saber porquê. Tentei lembrar qual era o compromisso que me fazia ter essa sensação. Não lembrei, pequei a agenda, nenhum compromisso para hoje. Tomei café, limpei a cozinha, organizei a casa e a sensação não passava. Liguei a televisão e Ana Maria Braga dizia que “a gente precisa sair da inércia, precisamos fazer atividades físicas” olhei para fora e vi chuva, olhei mais adiante e vi a academia. Achei que era uma mensagem para mim. Levantei e fui. Corri. Suei. Sorri para pessoas. Conversei com estranhos. Senti como se pertencesse a este lugar no mundo. Falei aleatoriedades leves. Voltei. Olhei para o cachorro e lembrei que a chuva parou e que agora era hora dele se exercitar, vamos lá, rua outra vez. Voltamos comecei a ficar mais tranquila, foi só olhar a internet que percebi a volta daquele sentimento. Sei o que é, ansiedade. Vi um vídeo em que a mensagem era ‘cuide de si’, li um texto que dizia ‘cuide de si’ e percebi que esta é a mensagem que fica para quem está sofrendo momento político. Para fechar vi um outro vídeo com a mesma mensagem que me lembrou do aviso nos aviões que diz, antes de colocar a máscara de oxigênio em outra pessoa, coloque em você. Às vezes não percebemos, mas se estamos quebrados não conseguimos ajudar ninguém.



Foto: @tai.ina

Comentários

Postagens mais visitadas